Cadernos humorísticos (VI)

Caro leitor,

Quando menos, aos 12 ou 13 anos. Preocupava-me em manter-me informado quanto a tudo que se passava ou se fizesse no mundo. Ao menos no mundo jovem, de minha geração. Após meus 15 anos abandonei esta tendência. Hoje, pouco me importa ver um filme de 2015 ou 1966. Tanto faz para mim um texto de duas semanas ou dois mil anos. Hoje me guio por outras coisas.

Com isso ganhei muita coisa, porém não deixei de perder. Não vejo séries, exceto Mad men, nunca vi outra série mais que um episódio. Amigos perguntam-me por que não assisto Walking dead e hoje responder-vos-ei, amigos!

Não assisto Walking dead porque supro minha necessidades diárias em ver mortos vivos usando todos os dias o transporte público às 7 da manhã. Não há em série alguma maior quantidade de mortos vivos quanto lá. Não funciona para mim nem filme de terror. Vejo a realidade sempre mais engraçada, emocionante e assustadora quanto qualquer obra de ficção.

Pedro Possebon, 10 de outubro de 2016, Santo André

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s