Eu e meu cachorro

Aos seis anos de vida minha mãe presenteou meu irmão com um animal de estimação, um cão a quem dei o nome de Renerti. Meu irmão não gostava de cães, tinha medo, fobia. Eu era apaixonado. Ele ganhou o cachorro, eu cuidei dele e lhe dei amor. Um dos grandes problemas no meu relacionamento com cães é minha dificuldade com coleiras. Meus pais julgavam necessário andar com o cão preso na coleira quando fossemos passear. Sei lá, talvez fosse muito desagradável estar ao meu lado e o cão preferisse o quentinho do chão e o confortável da rua… Naquela época eu não conseguia questionar os meus pais. Apenas não saia de casa com o Renerti. Não consigo, nem nunca consegui segurar ninguém pela coleira. Não faço força, não puxo nem quero dominar ninguém. Meu problema com coleiras é em grande parte a razão do meu péssimo relacionamento com cães (dos mais variados gêneros), apesar de eu amá-los…

Pedro Possebon, 13 de outubro de 2016, Santo André

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s